Memórias: o melhor da vida é viver!

Em um domingo ensolarado como esse que anuncia o início da primavera, convenhamos, tinha tudo para ser de muita paz e harmonia. No entanto, no domingo que vem nós teremos uma acirrada eleição, onde os ânimos estão à flor da pele…

Não pretendo discutir aqui sobre política, se é esse ou aquele o candidato “ideal” para o nosso país e nosso estado. É o tal negócio: cada um que faça a melhor escolha, de acordo com seus critérios e suas convicções!

De fato, nesses tempos bicudos que enfrentamos, eu prefiro muito mais dedicar os meus pensamentos em questões mais amenas. Por isso, então, eu tirei a manhã de hoje para “navegar” na internet e garimpar preciosidades.

Então, que me perdoem os aficionados pela política mas, hoje, eu quero celebrar a grande capacidade que o homem tem de produzir pérolas. Daí, minha gente, eu separei quatro delas para presentear aos amigos e leitores do “blog”. São elas:

  • Fats Waller &  Ada  Brown, em  “That Aint’t Right – Stormy Weather”, de 1943, um raro presente para o nosso coração.

 

 

  • Billie Holiday & Louis Armstrong, em “Do you know what it means to miss, New Orleans”, de 1947, outra preciosidade que faz parte do filme musical, intitulado “New Orleans”.

 

 

  • E para não pairar nenhuma dúvida sobre minha “terríveis” intenções, eu apelo para o inebriante tango, dançado por Al Pacino e a encantadora Gabrielle Anwar no filme “Perfume de mulher”.

 

 

  • Para finalizar, apresento aos amigos mais um episódio da série “a vida sempre surpreende”, quando permitimos…  Em um Shopping Center, em Budapeste, um grupo húngaro de dança surpreende o público com uma exibição contagiante!