Blues: CD “Walking the Blues”, com John Lee Hooker.

Há quem assegure que uma pessoa só se torna completamente feliz quando cai na estrada e toma o rumo do coração. É… Pode ser verdade. Pelo menos, é o que dizem os velhos cantores de “blues”. E eles, minha gente, foram e ainda são os reis das estradas. Não somente da conhecida “Route 66” que corta aquele país. É que lá pelas bandas dos “states” tem estrada que não acaba mais. Quase todas bem arrumadinhas e conservadas. Quanta inveja nos dá, não é?!

No entanto, ainda que seja difícil de reconhecer, existem também “outras estradas” para serem percorridas por nós. E sem dúvida alguma, estas exigem um forte desafio a se encarar. Porquanto demandam outras incursões, outros descortinos e, quem sabe, até mesmo uma outra forma de coragem e desprendimento. O que sei dizer é precisei de sete anos para efetuar algumas importantes “descobertas”. E elas não me deram imunidades, é verdade, mas que me ajudaram a “soletrar o mundo” de forma mais serena, lá, isso foi!

Talvez, por isso, eu tenha adquirido tanta identidade com o “blues”. Eu explico. É que de um modo geral, eles foram concebidos com o intuito de “aplacar a dor” e, de quebra, oferecem uma via alternativa de comunicação emocional… Ah! Abençoados, sejam!

John Lee Hooker foi um desses craques da guitarra que perambulou por esse mundão afora. Mas, não foi qualquer um! Meu Deus, o homem cantava e tocava como se não estivesse ligando pra vida, nem aí para mundo. Parece até que ele nasceu colado à guitarra, tal a intimidade alcançada. Ora cantando com um estilo suave e displicente, ora aguerrido feito índio sobrevivente! “Walking the Blues“ é o título deste CD. A bem da verdade, vale muito mais pelas músicas, uma vez que a qualidade da gravação é sofrível. Paciência!

Ouçam “Dreaming the blues“ e, certamente, vocês se sentirão no velho Mississipi. Com direito até a uma dose do velho e bom “Jack Daniels”… Saúde, minha gente!

https://www.youtube.com/watch?v=W8dO9jXH6tE

John Lee Hooker