Disco: CD “Será Una Noche”.

É intrigante o que ocorre todos os anos aqui em Florianópolis. Vejam vocês: por um lado há uma turma que fica torcendo para a chegada da “temporada de argentinos”. Sabe como é? Eles alugam tudo, até bicicleta velha ou rádio de pilha para os incautos “hermanos”… uma loucura, só vendo! Por outro lado, há um número bem maior que torce para que a temporada acabe logo e, assim, ter de volta a bela “Ilha da Magia”. Serena e segura. Livre dos turistas encrenqueiros. Bem, exageros à parte, a verdade é que nem todos os turistas são “fios desencapados”, justiça seja feita. É que alguns poucos, segundo os nativos daqui, não são fáceis… Reclamam os “ilhéus” que argentino é encrenqueiro por natureza. Ao chegarem aqui, desandam a tumultuar a nossa pacata ilha. Olha, eu não sei se concordo com tais pensamentos. No fundo, o que acho é que turista é assim em qualquer parte do mundo, minha gente!

Já que falei dos portenhos, então, quero apresentar esse belíssimo CD: “Será una noche”. O que aquela rapaziada toca bem, não está no mapa. É o tango mais jazzístico que ouvi, após Astor Piazzolla. Comovente, isso sim. Basta ouvir “Nublado”, que é uma verdadeira obra-prima! Piazzolla, seguramente, deve bater palmas para “los hermanos”, lá do andar de cima. E ao ouvir o disco, confesso, senti saudades das viagens que fiz a Buenos Aires. Como “turista”, é bom dizer: sempre fui muito bem acolhido!

https://www.youtube.com/watch?v=qObUnXis4mw

SeraUNaNoche

Publicado por

Carlos Holbein

Professor de química por formação ou "sina" e escritor por "vocação" ou insistência...