Disco: CD “How long has this been going on?”, com Sarah Vaughan.

O seu nome bem que poderia ser Sarah “Virtuose” Vaughan, tal a capacidade de interpretação. Meu Deus do Céu, que maravilha é viver! Só em ter escutado a minha querida Sarah cantando “Misty” no palco do Hotel Nacional, no Rio de Janeiro, valeu-me a “passagem de ida”. Seu carisma é algo impressionante: a plateia ficou simplesmente siderada. E Sarah na dela, com um largo sorriso estampado na cara, passeando pelas “oitavas” como quem passeia nos Jardins do Éden. Talvez por isso a apelidaram de “Divine”. Por mim, tudo bem: a justiça foi feita e a nossa Sassy para sempre será divina!

Neste imperdível disco, Sarah Vaughan está acompanhada pelo talentoso Oscar Peterson (piano), pelo “mágico” Joe Pass (guitarra), Ray Brown (contra-baixo) e Louie Bellson (bateria). Convenhamos: é muito mais que uma “reunião”, minha gente, é uma verdadeira assembleia musical…

“My old flame”, “Body and soul”, “You´re blasé”, “Easy living” e “More than you know” são algumas das pérolas presentes no disco. Ora acompanhada por todos os músicos, ora só com um único instrumento, e lá vai Sarah brincando com as notas. Na verdade, com todas elas!

“Nota dez! Nota dez!”, daria aquele exultante jurado para este disco. Então, basta apenas confirmar, meus amigos.

 

Sarah_Vaughan

Publicado por

Carlos Holbein

Professor de química por formação ou "sina" e escritor por "vocação" ou insistência...