Jazz: as lendas do jazz!

Existem muitas lendas no jazz, minha gente. É bem verdade que algumas delas são complicadas de se explicar. Talvez a mais difícil seja quanto à própria origem do jazz. Há quem afirme que o jazz nasceu em Nova Orleans, quem sabe porque fosse uma cidade alegre e repleta de músicos negros?! Muito embora essa ideia seja “tentadora”, no entanto, devemos reconhecer que Nova Orleans não foi o berço dessa maravilhosa música. Na realidade, até onde se sabe, o jazz brotou em vários cantos daquele país. Simultaneamente. Em Nova Orleans, por exemplo, as “creole bands” apareciam no cenário musical, ditando o ritmo. Já em Chicago, Kid Ory fazia um sucesso estrondoso. Enquanto isso, Fats Waller seduzia Nova Iorque, Louis Armstrong encantava os passageiros dos “riverboats” no Mississipi e Count Basie e Jimmy Rushing faziam a festa em Kansas City. Ou seja: o fato é que existiam grandes músicos espalhados pelos quatro cantos dos Estados Unidos. Lá, isso sim! Daí, então, cada cidade procurou tirar uma “casquinha”, reivindicando o status de “berço do jazz”. No fundo, o que importa mesmo é que o jazz nasceu lá nas terras do “Tio Sam”. Depois disso, sabemos bem, ele invadiu todas as fronteiras no mundo e se firmou como música universal. Por sinal, com muito mérito!

Publicado por

Carlos Holbein

Professor de química por formação ou "sina" e escritor por "vocação" ou insistência...