Artes Plásticas: o “destino” de Jarina.

Apesar da pouca idade, ainda no distante Massapê, Jarina precisou se fazer ao mar. Empurrada pela perda da mãe, Carlinda, quando contava somente dezessete anos, ela viu-se obrigada a cuidar dos dois irmãos caçulas: um de 9 anos e o outro com apenas 5 anos de idade. Juntando esforços com a irmã, ela alimentou, zelou pela saúde e semeou educação nos dois irmãos órfãos.
É bem verdade que naquele distante e conservador Ceará, não restava a Jarina muitas alternativas. Daí o casamento precoce, ainda no mesmo ano da morte da mãe.
Nesse período, Jarina também se envolveu com a política, filiando-se à Liga das Mulheres do Partido Comunista Brasileiro…

 

Mulher 3