Memórias: a vida se repete. Sempre!

Uma das lembranças mais ternas que eu guardo do meu querido filho Gabriel, ainda recém-nascido, era quando ele estava dormindo. Meu Deus, o que era aquilo, minha gente? Para mim, mais parecia a figura de um “anjo”. O anjo Gabriel!
Deitadinho naquele berço, ele parecia ter sempre um sono sereno. Enquanto isso, eu e a mãe dele não cansávamos de ficar ao lado do berço admirando aquela coisinha linda.
Então, quis o destino que a história se renovasse. E mais uma vez temos a feliz oportunidade de reviver esta cena, agora com o nosso netinho, João Pedro, entregue ao sono restaurador.
Nessas horas, por via das dúvidas, não custa evitar a visita de algum “Lobo Mau”, rondando os seus sonhos…  Para tanto, nada melhor do que a companhia do amigo “Tigrão” para zelar por seu soninho.
Abençoados sejam: Gabriel e João Pedro!

Publicado por

Carlos Holbein

Professor de química por formação ou "sina" e escritor por "vocação" ou insistência...